“No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.” Efésios 6:10-11

O poder de Deus não se manifesta apenas de forma externa, ele se manifesta também no interior do ser humano. Em Efésios 2:1 a Bíblia nos diz que os que estão no pecado estão mortos, por isso não reagem, sendo assim, ninguém inicia na vida cristã sem que haja a participação do poder vivificador que só Deus pode derramar no ser humano (Efésios 2:5).

Portanto, não há nenhuma participação do ser humano na escolha pela vida cristã. Gratuitamente o Senhor nos escolhe para a vida. Não sabemos os critérios dessa escolha, porque tudo acontece de forma sobrenatural e nós só vemos o resultado (João 18:8).

Não é possível ser um cristão sem a ação do Espírito. A pessoa pode até tentar, mas os seus olhos estão vendados e por isso não consegue permanecer. Enquanto a pessoa que está sob ação do Espírito Santo vai crescendo na graça e no conhecimento.

Em Efésios 1:17-19, Paulo ora para que a igreja conheça a força do poder que opera em nossas vidas. O poder já estava operando na igreja de Éfeso, mas ela não podia ver, porque não o entendia. Se a igreja entendesse que Deus derramou um grande poder que está operando sobre ela para o seu bem, a visão dela transformada.

Em Efésios 3:13-16, Paulo ao atravessar tribulações não ora para que o seu sofrimento seja transformado em bênção; ele ora para que a igreja seja fortalecida no poder de Deus, porque assim, mesmo que ele partisse, a obra continuaria. Paulo entende que o poder e a obra são de Deus e não dele. Paulo não tem palavras para expressar o poder que Deus concede a nós. O poder de Deus é descrito como infinito (Efésios 3:20), porque nenhuma medida humana o alcança.

O poder vem para nos moldar e nos deixar mais parecidos com Cristo (Filipenses 1:6). Quando o Espírito Santo entra em nós, começa a trabalhar e mudar aquilo que nós não podemos mudar sozinhos (Filipenses 2:12-13).

Ao recebermos tanto poder de Deus, não devemos ficar parados. Devemos nos esforçar para que o poder de Deus passe a fazer parte da nossa vida de maneira integral (Colossenses 1:29). O esforço é buscar aquilo que nos faz cristãos mais fortes. O que deixava Cristo mais forte era a oração e para orarmos é realmente necessário esforço, porque precisamos para por um tempo as nossas vidas corridas.

É preciso que o cristão, logo após receber do poder de Deus, o use para que receba ainda mais. Não fique parado e saciado com o poder que recebeu, mas deixe que o Senhor o use e assim receberá ainda mais. Paulo não parava de usar o poder que recebia (Colossenses 1:28-29).

O diabo pode tentar te fazer parar, ele pode até mesmo te assustar, mas ele não tem o direito de tocar naqueles que são de Deus (1 João 5:18-19). Ainda que Satanás venha com o seu poder contra nós, nós vamos permanecer firmes no poder do Senhor.

A luta pode ser grande, mas nós não vamos desanimar, porque o Espírito Santo dirá aos nossos ouvidos “ande só mais um pouquinho” e quando menos esperarmos, teremos andado muitos metros.

Deus quer que o mundo inteiro seja abençoado com o poder que Ele derrama sobre a sua vida e por isso o poder é infinito. Se encha do poder que Deus dá a você (Efésios 5:8)!

 

Pregação resumida de Pr. Samuel Salgado